100%

Câmara de Palotina homenageia C.Vale com Moção de Aplausos e Congratulações

Câmara de Palotina homenageia C.Vale com Moção de Aplausos e Congratulações Vereadores com os representantes da C.Vale, Ademar Pedron, Jonis Centernaro e Carlos Mattiuzzi
Durante a sessão ordinária da Câmara de Palotina da última segunda-feira, dia 12, foi aprovada uma Moção de Aplausos e Congratulações expedida à C.Vale pelos 55 anos de fundação comemorados no dia 7 de novembro. O autor da moção é o vereador Enio Moesch (PSDB) e a matéria teve aprovação unânime. A sessão foi acompanhada pelos representantes da C.Vale, Ademar Pedron (vice-presidente), Jonis Centenaro e Carlos Mattiuzzi.
O vereador apresentou a moção descrevendo a história da cooperativa. A falta de locais para armazenar a produção, as dificuldades para o escoamento da safra e a ausência de crédito e assistência técnica levaram um grupo de 24 agricultores a fundar, em 1963, a Cooperativa Agrícola Mista de Palotina Ltda (Campal). Em 1969 aconteceu o início efetivo das atividades da cooperativa com o recebimento de trigo em armazém de um moinho de Palotina. Em 1970 teve início a construção do primeiro armazém da cooperativa, que ficou pronto no início do ano seguinte.
O rápido crescimento da produção levou a Campal a iniciar a fase de estruturação física com a construção de unidades para recebimento de cereais no município de Palotina. Com a divisão territorial da região oeste entre as cooperativas, a Campal expandiu-se para além das fronteiras de Palotina, o que levou os associados a modificar a razão social da empresa, em 1974, para Cooperativa Agrícola Mista Vale do Piquiri Ltda (Coopervale). Em 1981, a Coopervale passou a atuar no Mato Grosso e, em 1984, no estado de Santa Catarina.
No início dos anos 90, a Coopervale montou um Plano de Modernização ouvindo milhares de associados, em trabalho coordenado por Alfredo Lang, que viria a assumir a presidência da cooperativa em 1995. Naquele ano, a Coopervale começou a executar o plano para tornar a empresa mais competitiva e iniciar o processo de agregação de valores aos produtos primários. Era o início de uma nova era para a cooperativa. A largada desta etapa aconteceu em outubro de 1997, quando foi inaugurado o complexo avícola C.Vale. Este projeto deu aos associados a oportunidade de produzir frango em grande escala. Outro aspecto importante da atividade está na rastreabilidade da cadeia produtiva. A cooperativa mantém um sistema informatizado que permite o acesso aos procedimentos utilizados para a produção de matéria prima (soja e milho), passando pela fabricação de ração, manejo e industrialização das aves. O objetivo é garantir a segurança alimentar aos consumidores de carne de frango.
A industrialização ampliou-se em 2002 com início das operações de uma amidonaria em Assis Chateaubriand.
Em 21 de novembro de 2003 uma alteração estatutária mudou a razão social de Cooperativa Agrícola Mista Vale do Piquiri Ltda (Coopervale) para C.Vale - Cooperativa Agroindustrial.
Em janeiro de 2004, a C.Vale iniciou a duplicação do abatedouro de frangos e a construção da indústria de termo processados de aves, obras que foram inauguradas no dia 8 de abril de 2005. A capacidade de produção passou de 150 mil para 600 mil aves/dia.
Outro fato histórico ocorreu em 2009, quando a C.Vale fechou um acordo com a Coopermibra, cooperativa com sede em Campo Mourão, e passou a atuar no centro-oeste do Paraná. Pelo acordo, a C.Vale passou a operar as 19 unidades de recebimento de grãos da Coopermibra.
Seis anos depois, em 2015, a C.Vale fechou parceria com a Marasca e assumiu as operações de 26 unidades da cerealista gaúcha, passando a atuar no Rio Grande do Sul.
O processo de agroindustrialização avançou ainda mais em 2017 com a inauguração de um abatedouro de peixes com capacidade de processamento de 150 mil tilápias/dia. O empreendimento deu início a um novo sistema de integração que passou a gerar mais renda e empregos.
Formada, atualmente, por mais de 20.000 associados e 9.000 funcionários, a cooperativa atua na produção de soja, milho, trigo, mandioca, leite, frango, peixe e suínos. Possui 148 unidades de negócio nos estados do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e no Paraguai.
A C.Vale financia a produção, garantindo crédito aos cooperados. A empresa também comercializa insumos, peças, acessórios e revende máquinas agrícolas. Além disso, produz semente de soja em Santa Catarina. A cooperativa ainda mantém uma rede de supermercados com nove lojas no Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
 
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 13/11/2018 - 10:40:01 por: Vanildo Cardoso dos Santos - Alterado em: 13/11/2018 - 10:42:25 por: Vanildo Cardoso dos Santos

Notícias

Câmara vai homenagear presidente da Sicredi, Jaime Basso, com Título de Cidadão Honorário
Câmara vai homenagear presidente da Sicredi, Jaime Basso, com Título de Cidadão Honorário

Os vereadores de Palotina estiveram reunidos nesta segunda-feira, dia 18, em mais uma sessão ordinária sob a presidência do vereador Sansão Pinheiro (PTB). Em turno único foram aprovados seis projetos que preveem alteração no Plano Plurianual (PPA) e na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) assegurando crédito adicional especial, sendo R$ 9.495,13, como aditivo para conclusão das obras da UBS do Parque das Glicínias e R$ 47.000,00, dentro da própria Secretaria Municipal de Esportes para a construção da base da Academia de Saúde para o bairro Santa Terezinha e pintura do Ginásio Golboll.

Vereadores de Palotina sugerem melhorias e solicitam informações
Vereadores de Palotina sugerem melhorias e solicitam informações

A Câmara de Vereadores de Palotina se reuniu em Sessão Ordinária na segunda-feira, dia 11, sob a presidência do vereador Sansão Pinheiro (PTB). Dois projetos deram entrada no Legislativo e foram baixados às comissões permanentes da Câmara para que possam emitir parecer. O Executivo Municipal protocolou projeto que reestrutura o Conselho Municipal de Educação.  Outro projeto, apresentado pelo vereador José Pedro Bento Filho (DEM), concede título de Cidadão Honorário ao líder cooperativista Jaime Basso.

Vereadores de Palotina aprovam reajuste aos servidores municipais e autorizam recursos para APAE
Vereadores de Palotina aprovam reajuste aos servidores municipais e autorizam recursos para APAE

Na sexta-feira, dia 01, a Câmara de Vereadores de Palotina realizou a Sessão Ordinária que seria no dia 4. A sessão foi antecipada por causa do carnaval. Os vereadores aprovaram diversos projetos e durante a sessão foi feita a leitura de novas proposições. Em turno único foi aprovada a abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 130.000,00 para serem repassados à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Também foi aprovado o Projeto de Decreto Legislativo 001/2019, da Comissão de Finanças, Orçamento e Contas que aprova as Contas do Município de Palotina referente ao Exercício Financeiro de 2017.

Câmara de Palotina realiza Sessão Ordinária nesta sexta-feira
Câmara de Palotina realiza Sessão Ordinária nesta sexta-feira

Por conta do feriado de Carnaval, a Câmara de Vereadores de Palotina vai realizar Sessão Ordinária nesta sexta-feira, dia 1º. A sessão, antecipada de segunda-feira, dia 4, será às 14h, com transmissão ao vivo. Diversos projetos serão votados em primeiro e segundo turnos. Os vereadores também farão a leitura de novos projetos e poderão apresentar requerimentos e indicações.

Vereadores de Palotina encaminham requerimentos e sugerem melhorias
Vereadores de Palotina encaminham requerimentos e sugerem melhorias

Durante a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Palotina, na segunda-feira, dia 25, vereadores encaminharam requerimentos com pedido de informações à administração municipal, bem como apresentaram sugestões por meio de indicações. O vereador Weslei Freitas (PSDB) apresentou dois requerimentos, pedindo informações a respeito de exames de tomografias realizadas no município em 2018 e também sobre exames para tratamento de endometriose no mesmo ano. A vereadora Roselei Gubert Delai (PSDB) requereu informações a respeito das solicitações e protocolos de munícipes e indicações apresentadas pelo Legislativo. 

Vereadores de Palotina autorizam recursos para aquisição de trator e implantação de Parque Infantil
Vereadores de Palotina autorizam recursos para aquisição de trator e implantação de Parque Infantil

Os vereadores de Palotina aprovaram durante a Sessão Ordinária na segunda-feira, dia 25, o Projeto de Lei que garante crédito adicional especial no valor de R$ 526.000,00 para aquisição de um trator de esteira e implantação de um parque infantil na Praça Rafael Pivetta. Também foi assegurado crédito no valor de R$ 17.065,20 referente à devolução de saldo do IPVA ao Estado e R$ 60.000,00, a serem destinados ao Ciscopar - Consórcio Intermunicipal de Saúde, para gastos com bolsas de colostomia utilizadas por pacientes de Palotina.